Rua: Henrique Rogge, 337 - Cosmópolis - SP 19 3882-2581 19 3812-1159

CLP: tudo o que você precisa saber

Gostou? compartilhe!

Saiba mais!

CLP: tudo o que você precisa saber

O CLP foi criado na década de 1960. A sigla significa Controlador Lógico Programável. Eles surgiram para substituir os painéis de relés e controlar os sensores e atuadores por meio de uma programação pré-definida.

Também podem ser conhecidos pelo nome e sigla em inglês - PLC, Programmable Logic Controller. Na prática trata-se do mesmo aparelho, ou seja, falamos do mesmo assunto em ambos termos.

Como funciona o CLP?

Os aparelhos são compostos por algumas partes:

  • Entradas – por onde o equipamento sente o ambiente, por meio de sensores
  • Processador – onde são armazenadas as programações da aplicação
  • Saídas – envio de comandos para os dispositivos atuadores

Podemos comparar os controladores ao corpo humano. Os cinco sentidos são os sensores (entradas) que enviam informações ao cérebro (processador), que pode ou não atuar, de acordo com a programação. E nosso corpo como um todo irá atuar de acordo com os comandos dados pelo cérebro. Assim temos um exemplo perfeito de como um controlador funciona.

Tanto as entradas como as saídas podem conter informações de duas formas: digital ou analógica.

Os CLPs não trabalham sozinhos. Além dos sensores e atuadores eles precisam de um componente principal para orquestrar toda a aplicação, que é o sistema SCADA. Ele vai se comunicar com cada controlador e ter os seus drivers para comunicar.

Principais vantagens dos CLPS

  • Fácil manutenção;
  • Redução drástica dos painéis elétricos;
  • Proporcionaram projetos mais rápidos;
  • Redução no consumo de energia;
  • Processamento mais rápido;
  • Proporcionaram operações matemáticas mais complexas;
  • Comunicação com outros dispositivos;
  • Maior confiabilidade, menos erros;
  • Fácil diagnóstico de erros/problemas;

Tipos de sensores

Conheça alguns dos tipos de sensores:

  • Botão
  • Sensor indutivo – detecta materiais metálicos
  • Sensor capacitivo – detecta praticamente qualquer tipo de material próximo
  • Termopar – temperatura
  • Sensor óptico – detecta quando um feixe de luz é cortado

Se você quer contar com essa tecnologia na sua empresa, chame a Status Automação. Somos especialistas em automação industrial e temos a solução adequada para o seu negócio.



Gostou? compartilhe!



Whatsapp Status Whatsapp Status